Cache Settings

Com Cache Settings para Edge Application, você pode editar configurações de cache para conteúdo estático e dinâmico.

EscopoRecursos
Primeiros passos de Edge ApplicationPrimeiros passos
Módulo Edge CachingEdge Caching
Módulo L2 CachingL2 Caching
Criar uma configuração de cacheComo configurar políticas de cache para Edge Application
Configurar Advanced Cache KeyComo configurar a Advanced Cache Key para Edge Application

Browser Cache Settings determina a quantidade de tempo que o conteúdo é armazenado em cache no navegador do usuário. Você pode selecionar dentre as seguintes opções:

  • Honor Origin Cache Headers: mantém as definições de cache enviadas pelos seus servidores de origem através de cabeçalhos HTTP (Cache-Control e Expires), enviando os mesmos cabeçalhos para o navegador.
  • Override Cache Settings: substitui o cache do seu servidor de origem e permite que você defina o TTL do cache manualmente.

CDN Cache Settings configura como a Azion armazena o cache no edge. Você pode selecionar dentre as seguintes opções:

  • Honor Origin Cache Headers: mantém as definições de cache enviadas pelos seus servidores de origem através de cabeçalhos HTTP (*Cache-Control e Expire*), enviando os mesmos cabeçalhos para o navegador.
  • Override Cache Settings: substitui a configuração de cache do seu servidor de origem com o TTL desejado. Para definir o TTL de cache CDN para valores inferiores a 60 segundos, você deve habilitar o módulo Application Acceleration.

Slice funciona com uma faixa de slice range de 1.024kB. Se você deseja modificar a slice range, contate a equipe de Vendas.

Saiba mais sobre slice files

Slice pode ser aplicado tanto à camada da edge quanto à L2, desde que o módulo L2 Caching esteja ativo.

Saiba mais sobre L2 Caching

Você pode usar Advanced Cache Key para personalizar as regras de cache com base nos seguintes metadados:

  • Cookies
  • Query strings

Na Azion, você define como deseja que o conteúdo seja armazenado em cache de acordo com as variações de Query String em suas URLs:

  • Content does not vary by Query String (Improves Caching): define que a chave de cache deve ignorar a query string. Ou seja, duas URLs que são diferentes apenas pela variação da query string serão consideradas como o mesmo objeto em cache.

    • Por exemplo, http://seudominio.com/path?queryA e http://seudominio.com/path?queryB fornecerão o mesmo conteúdo de cache aos seus usuários.
  • Content varies by some Query String fields (Whitelist): você pode listar quais campos de query string devem ser considerados para diferenciar entre objetos no cache Azion. Todos os outros campos serão ignorados.

    • Por exemplo, se você listar o campo cidade, as URLs http://seudominio.com/path?cidade=A&nome=X e http://seudominio.com/path?cdidade=A&nome=Y serão consideradas como um único objeto no cache, enquanto as URLs http://seudominio.com/path?cidade=A&nome=X e http://seudominio.com/path?cidade=B&nome=X serão consideradas como objetos diferentes.
  • Content varies by Query String, except for some fields (Blocklist): você pode listar quais campos na query string devem ser ignorados ao diferenciar objetos em cache. Todos os outros campos serão considerados.

    • Por exemplo, se você listar o campo random, as URLs http://seudominio.com/path?cidade=A&random=123 e http://seudominio.com/path?cidade=B&random=123 serão considerados objetos diferentes no cache, enquanto http://seudominio.com/path?cidade=A&random=123 e http://seudominio.com/path?cidade=A&random=456 serão considerados como o mesmo objeto no cache.
  • Content varies by all Query String fields: define que a cache key deve considerar todos os campos da Cadeia de caracteres de consulta. Ou seja, duas URLs distintas pela variação da query string serão consideradas como dois objetos distintos no cache.

    • Por exemplo, http://seudominio.com/path?queryA e http://seudominio.com/path?queryB serão armazenados como objetos separados no cache Azion.

Para aumentar a eficiência do armazenamento em cache, você pode ativar a opção Query String Sort. Se ativado, ele ordena todos os campos da query string, tornando a posição dos campos irrelevante na definição da cache key. Se a posição dos campos for relevante para diferenciar o seu conteúdo, você deve desativar esta opção.

Você também pode distinguir objetos no cache Azion pelo nome/valor dos cookies.

  • Content does not vary by Cookies (Improves Caching): diferencia objetos no cache da Azion por meio de URL; não leva em consideração os cookies.

  • Content varies by some Cookies (Allowed Rules): pode listar o nome dos cookies que a sua aplicação usa para diferenciar objetos em cache. Todos os outros cookies serão ignorados, permitindo que você segmente o seu conteúdo por perfis de usuário e outras configurações. Esta é a opção mais recomendada se você usar cookies para gerenciar as sessões do usuário.

  • Content varies by Cookies, with the exception of a few (Blocklist): você pode listar o nome dos cookies que deseja ignorar na configuração da chave de cache, considerando todos os cookies, exceto os listados.

  • Content varies by all Cookies: além da URL, considera todos os cookies para diferenciar objetos no cache da Azion.


Você pode ativar a chave Enable caching for POST, permitindo que a Azion faça o cache de requisições POST. A chave Enable caching for OPTIONS permite que a Azion faça o cache de requisições OPTIONS. Essas duas opções de cache exigem que o corpo da requisição faça parte da chave de cache.


Com o módulo Edge Caching, você pode habilitar o Stale Cache para transmitir conteúdo stale (obsoleto) quando houver um problema com seus servidores de origem.

Saiba mais sobre stale cache

Com o módulo Edge Caching, você pode selecionar um grupo de dispositivos para Adaptive Delivery.

Ao escolher a opção Content varies by some Device Groups (Whitelist), você permite que a Azion mantenha variações de seus objetos no cache baseadas em dispositivos.

Saiba mais sobre Device Groups

Contribuidores