1 of 20
2 of 20
3 of 20
4 of 20
5 of 20
6 of 20
7 of 20
8 of 20
9 of 20
10 of 20
11 of 20
12 of 20
13 of 20
14 of 20
15 of 20
16 of 20
17 of 20
18 of 20
19 of 20
20 of 20

site

doc

blog

success stories

Edge Pulse

Edite no GitHub

Edge Pulse é um produto de Edge Analytics baseado na solução de mercado Real User Monitoring (RUM), que permite comunicação entre o seu conteúdo e seu cliente, coletando informações de navegação, disponibilidade, latência e banda. Além de coletar informações, o Edge Pulse as utiliza para aprimorar a experiência do usuário, garantindo a entrega do conteúdo de forma eficiente.

  1. O que é RUM
  2. Como funciona
  3. Como configurar
  4. Dados coletados

1. O que é RUM

RUM é a sigla utilizada para o conceito de “Real User Monitoring”. Ou seja, RUM é um modelo de monitoração que captura dados do usuário final com o objetivo de explicar como os seus usuários estão sendo impactados pela disponibilidade e eficiência da entrega do seu conteúdo.

Se trata de uma forma passiva de monitorar o dispositivo do usuário em ação. Oferece uma visão de um grande número de problemas, incluindo navegador front-end, banco de dados de back-end e questões relacionadas ao servidor e como os usuários finais experienciam tudo isso.


2. Como funciona

O Edge Pulse coleta dados de navegação dos usuários e métricas de disponibilidade, latência e taxa de transferência. Para monitorar a página, é necessário inserir a tag javascript do Edge Pulse. Esse script respeita o protocolo em uso (http/https), é totalmente assíncrono e não interfere no processo de carregamento, nem na estrutura interna do conteúdo entregue. Além disso, cada teste coleta métricas para apenas 3 endereços de nossa Edge Network por vez, em um intervalo de 30 minutos por usuário, não onerando o cliente com repetições.

Os testes são feitos de forma contínua e diversificada e cobrem todas as rotas possíveis que aquele usuário tem para chegar ao conteúdo. Após a coleta dos dados, os resultados são enviados para os servidores de processamento da Azion.

Além disso, o algoritmo UUID4 é utilizado para um melhor controle sobre os casos de sucessos e falhas. Para controlar e manipular dados do Edge Pulse, utilizamos o armazenamento local do browser.

O rastreamento efetuado pelo Edge Pulse respeita as seguintes configurações do browser do usuário:

Valor Comportamento do Edge Pulse
navigator.doNotTrack = ‘1’ Se o rastreamento nunca foi permitido e, por consequência, o Edge Pulse nunca usou o armazenamento local, então um código identificador será gerado para cada visita que o usuário efetuar no site.
Caso esteja configurado como “1”, mas já tenha sido rastreado, o identificador anterior é apagado e é gerado um novo.
navigator.doNotTrack <> ‘1’ Quando o valor for diferente de “1”, significa que o Edge Pulse irá rastrear. Sendo assim, o mesmo identificador será utilizado para cada visita de um usuário.

3. Como configurar

Para monitorar a página, é necessário inserir a tag javascript do Edge Pulse.

O Edge Pulse está disponível para todos os clientes. Para começar a utilizá-lo, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o Real-Time Manager;
  2. Acesse Edge Analytics > Edge Pulse, no menu lateral esquerdo;
  3. Clique em Copy to Clipboard para copiar a tag desejada: Default Tag ou Pre-loading tag.

Você deve adicionar a tag javascript disponível na página do produto para que o Edge Pulse inicie a coleta das métricas. Ação necessária para cada página que deseja monitorar.

A execução é iniciada após o browser do usuário ter a página carregada. A tag pode ser publicada manualmente ou utilizando sistemas gerenciadores de tag disponíveis no mercado. Veja a seguir a descrição das tags disponíveis.

Tag Descrição
Default Tag Coloque esta tag no HTML das páginas que você deseja coletar dados. Você deve colocá-la antes da closing BODY tag. Este script espera até que o evento de carregamento seja concluído antes de baixar e executar o Cliente RUM, garantindo que o evento de carregamento não seja interrompido e não afete a experiência do usuário.
Pre-loading tag Se você estiver usando configurações da Política de Segurança de Conteúdo impedindo o uso do JavaScript inline, então coloque esta tag imediatamente antes da enclosing BODY tag. Este script é executado antes que o load event tenha disparado.

4. Dados coletados

O Edge Pulse coleta as informações do Resolver utilizado para a resolução DNS, PoP/Edge testada e rede anônima do usuário, e esses dados são utilizados para a tomada de decisões quanto ao roteamento de usuários.

Além disso, disponibilizamos via Real-Time Events e Data Streaming dados da experiência e navegação do usuário, conforme listado na tabela abaixo:

Variáveis Descrição
$hostname Hostname da URL atual.
$locationHref Retorna a URL completa da página atual.
$navigation.contentDownload Tempo utilizado para o download do conteúdo.
$navigation.dns Tempo de resolução do DNS.
$navigation.networkDuration Duração sem o navegador de consulta aguardando.
$navigation.PageLoadTime Retorna o tempo de carregamento da página.
$navigation.redirectCount Retorna a quantidade de redirecionamentos desde a última navegação sem redirecionamento no contexto da navegação atual.
$navigation.renderTime Tempo que o navegador foi renderizado após a navegação.
$navigation.ssl Protocolo padrão usado para manter uma conexão segura de tráfego.
$navigation.tcp Protocolo da internet que retorna os dados que compõem a página.
$navigation.ttfb Tempo até a chegada do primeiro byte da página solicitada.
$navigation.type Retorna o tipo da navegação sem redirecionamento.
$navigation.typeBackForward Tipo de navegação através do histórico da sessão.
$navigation.typeNavigate Retorna o tipo da última navegação sem redirecionamento, ex.: clicando em um link, inserindo a URL na barra de endereço ou envio de formulário.
$navigation.typeReload Tipo de navegação pela operação de recarga, ou seja, quando a página foi recarregada.
$navigation.typeReserved Qualquer tipo de navegação não definido pelos citados anteriormente (typeNavigate, typeReload).
$networkApi.downlink Retorna o volume médio de dados recebidos (Mb/s).
$networkApi.effectiveType Retorna informações sobre a conexão do usuário (ex.: 4g).
$platform Arquitetura do sistema operacional (ex.: Linux x86_64, Iphone, etc).
$referrer Retorna a url anterior à página atual. Ou seja, a url pela qual o usuário chegou à “locationHref”. Caso o acesso tenha se originado diretamente na página corrente (não por meio de link, mas, por exemplo, por um bookmark), seu valor será uma string vazia. Não fornece acesso DOM à página de referência.
$timestamp Data e hora da requisição
$userAgent Retorna o User Agent do navegador.
$version A versão do Azion Log utilizada.

Não encontrou o que procurava? Abra um ticket.