1 of 20
2 of 20
3 of 20
4 of 20
5 of 20
6 of 20
7 of 20
8 of 20
9 of 20
10 of 20
11 of 20
12 of 20
13 of 20
14 of 20
15 of 20
16 of 20
17 of 20
18 of 20
19 of 20
20 of 20

doc

Ponto de Partida

Explore o Edge

Você está dando os primeiros passos para se tornar parte de uma economia hiperconectada através da plataforma de Edge da Azion. Na sua jornada na Azion, você encontrará oportunidades para explorar e aprimorar seus projetos através de novas tecnologias que estão em constante desenvolvimento.

Se você ainda não criou uma conta na Azion, você pode encontrar mais informações na página sobre como criar uma conta. Se você quer saber mais sobre Edge Computing e como os produtos da Azion conectam a comunidade, explore o blog.

De agora em diante, esta documentação vai te auxiliar no processo de ponto de partida na Azion. Ela apresenta uma introdução à interface de configuração da Azion, o Real-Time Manager (RTM), como construir uma Edge Application do começo, e como continuar configurando e conectando sua nova aplicação com domínios e métricas de tráfego.

Conheça o Real-Time Manager
Passo 1. Crie uma nova Edge Application
Passo 2. Launch uma Edge Application
Passo 3. Configure uma Edge Application
Passo 4. Crie e configure um domínio para sua Edge Application
Passo 5. Vincule o tráfego da sua aplicação à plataforma da Azion

Conheça o Real-Time Manager

O Real-Time Manager (RTM) é a interface de configuração da Azion, onde você tem acesso a todos os produtos disponíveis e suas configurações.

Página inicial do Real-Time Manager

Na página inicial do RTM, você encontra o cabeçalho. No canto superior esquerdo, você pode acessar o Products Menu, onde os produtos da Azion e seus recursos estão disponíveis.

No cabeçalho, você também encontra o Status, indicando a operação dos sistemas da Azion. Você pode clicar nele e consultar o status de cada localização de Edge Network disponível.

Ao lado do Status, você pode clicar no ícone do Help Center. Nele, você encontra uma série de documentações relacionadas à página que você está usando e links úteis.

No momento, é possível que nem todas as documentações relacionadas às páginas do RTM estejam disponíveis.

No Account Menu, localizado no canto superior direito, você pode visualizar e atualizar as informações da sua conta.

Na seção Getting Started, você encontra três atalhos:

  • Build an Edge Application: este bloco o guiará nas etapas iniciais para criar sua primeira Edge Application com a configuração que melhor atende às suas necessidades.
  • Manage your Domains: clique neste bloco para visitar a página de Domains. Nela, você poderá gerenciar e adicionar domínios para suas aplicações.

Você pode criar um domínio com certificado SSL concedido pela Azion. Você também pode automatizar a criação de domínios usando nossa API - Azion Domains.

  • View Edge Application Metrics: aqui, você encontra informações com base no desempenho, disponibilidade e segurança de suas aplicações. Este link lhe levará para o Real-Time Metrics.

No lado direito da página inicial do RTM, você encontra links úteis para a página de documentação da Azion, o changelog, a biblioteca de APIs da Azion e como contatar nosso time de Suporte.

Logo após a seção Getting Started, você encontra o formulário Invite Your Team para convidar o seu time a construir na Azion com você. Esse é um passo opcional, mas se você trabalha com um grupo de pessoas, pode usá-lo para convidar o seu time a construir na Azion com você. Descubra mais sobre essas permissões em Teams Permissions.

Abaixo das opções de acesso rápido, você encontrará nossas quatro categorias de produtos: Build, Secure, Deliver, and Observe. Cada uma das categorias lhe guiará durante sua jornada na Azion e ajudará a configurar suas aplicações. Veja como explorar cada uma das categorias:

Categorias de produtos do Real-Time Manager

Após conhecer o RTM, você pode continuar usando a interface para criar Edge Applications na Azion. As próximas seções apresentarão instruções relacionadas aos passos que você precisa completar para configurar uma aplicação e um domínio, além de sugestões de passos e conteúdos adicionais para aprimorar sua aplicação através das quatro categorias da Azion — Build, Secure, Deliver, Observe.


Passo 1. Crie uma nova Edge Application

Construir uma Edge Application, que permite que você construa suas aplicações web para rodarem na plataforma da Azion, é o primeiro passo para começar a usar a plataforma de Edge da Azion. Esta documentação guia você em cada passo da jornada para construir uma Edge Application do zero com a plataforma e com os produtos da Azion.

Após fazer login no RTM, clique no bloco Build an Edge Application, localizado na seção Getting Started da página inicial para começar a construir suas aplicações.

BUILD

O Passo 1 para construir sua Edge Application do zero é o Build. Você constrói uma aplicação ao completar as configurações apresentadas nas próximas seções. Além disso, você também encontra informações relacionadas aos campos obrigatórios para sua Edge Application começar a rodar.

Build with Edge Application

Azion Edge Application permite que você construa suas aplicações para que elas sejam executadas na plataforma de Edge da Azion.

Nomeie sua Edge Application

Para nomear sua Edge Application, você deve preencher a caixa de texto com um novo nome, que não afeta como os usuário finais acessam sua aplicação e pode ser modificado a qualquer momento.

Nota: a plataforma retorna uma mensagem de erro se o nome já existir em sua biblioteca. Nesse caso, tente novamente com outro nome.

Escolher um nome significativo para sua aplicação torna mais fácil gerenciá-la. Caso sua aplicação se relacione com:

  • Domínio específico (www.yourapp.com), use um nome relacionado com o nome do domínio (”www.yourapp.com” ou “yourapp www”).
  • Sistema de origem específico, use um nome relacionado à origem (“Cloud Bucket for Statics”), visto que você pode associá-la a mais de um domínio.
  • Uso específico de aplicação, use um nome relacionado à sua função (”Checkout application”), visto que você pode associá-la a mais de um domínio.

Nota: o nome da sua Edge Application serve para fins administrativos. O acesso por dispositivos e pelo usuário final ocorre através de um nome de domínio associado.

Começando agora?

Para conhecer melhor a plataforma e criar sua primeira Edge Application, você pode:

  • Inserir um nome para teste.
  • Seguir com “Run a function”.
  • Selecionar “Azion - Hello World” no campo “Choose Edge Function”.
  • Clicar em Save para continuar.

Você também pode explorar as demais opções e descobrir mais sobre a plataforma.

Sobre Edge Application

Sua Edge Application é executada de maneira serverless como resposta a eventos ocorrendo nos Edge Nodes da Edge Network global. Resoluções de DNS são utilizadas para criar rotas dinâmicas de requisição com uma melhor conexão de ponta a ponta.

[ Usuários e dispositivos <-> EDGE <-> sua aplicação ou origem ]

No Edge Node, uma Edge Application associada ao domínio processa cada requisição executando uma Rules Engine.

  • Cada regra usa critérios em declarações aninhadas If-then para acionar os comportamentos dos módulos habilitados, como, por exemplo, executar uma função ou definir uma origem.
  • Cada regra é executada até que todas sejam processadas ou até que uma regra com caráter finalizador seja encontrada.

Descubra mais informações na nossa página de documentação.


Select the setup option

Na seção Choose an option to start, você seleciona uma opção para iniciar sua Edge Application. Para agilizar o processo, sua aplicação será construída e automaticamente associada com um domínio Azion de acordo com sua escolha de opção.

Para construir uma Edge Application e automaticamente associá-la com um domínio Azion, selecione:

  • Run a function

Opção pré-definida que lista todas as funções disponíveis em sua biblioteca de funções. A função Hello World é sua primeira opção, caso você esteja criando uma pela primeira vez.

  • Fetch content from origin

Cria uma Edge Application e configura uma Origin. A Azion busca seu conteúdo diretamente nessa origem e honra os cache control headers retornados.

Nota: Neste caso, sua Edge Application usa os módulos Edge Caching e Application Acceleration com políticas explícitas para armazenar arquivos e imagens estáticas em cache na rede de edge, entregando-os diretamente para seus usuários, a partir do Edge Node mais próximo, sem a necessidade de acessar a origem, melhorando a performance e a escalabilidade.

  • Build an advanced Edge Application

Permite que você customize Edge Functions e servidores de origem em outro momento.

Ainda com dúvidas?

Sua escolha define o modelo e as informações básicas de sua aplicação, mas elas podem ser modificadas a qualquer momento.

Após completar este passo, será mais fácil explorar possíveis mudanças na sua aplicação e desenvolver seu uso.

Uma Edge Application é um conjunto de recursos e funcionalidades, como, por exemplo:

  • Edge Functions - código e seus argumentos.
  • Edge Caching - costuma buscar o conteúdo de uma origem.
  • Network - usada para criar regras de negócios avançadas com critérios e comportamentos no edge.

Select a function

Na seção Configure function, você seleciona a Edge Function que você utilizará na sua Edge Application.

Conhecendo Edge Functions

Azion Edge Functions é um módulo da sua Edge Application que permite que você programe e execute funções serverless sem a necessidade de provisionar ou gerenciar servidores. O processamento completo ocorre direto no Edge Node da rede, mais próximo dos usuários.

Como selecionar uma função Edge Function?

  • Clique na lista suspensa Choose Edge Function.
  • Selecione uma função da sua biblioteca; a seção com as abas Code e Args aparecerá.

Nota: as funções listadas refletem sua própria biblioteca de funções. Se você não tem nenhuma função em sua biblioteca, você só pode seleciona a função “Azion — Hello World”.

  • Leia o código da função na aba Code.

Nota: esta aba é apenas para leitura.

  • Vá para a aba Args para editar.

As funções escolhidas podem ser visualizadas na aba Code e parametrizadas na aba Args.


Passo 2. Launch uma Edge Application

LAUNCH

O Passo 2 para construir sua Edge Application do zero é o Launch. Nesse passo, você encontra as informações básicas da sua aplicação recém-criada e seu link. Você também encontra um conjunto de opções possíveis para finalizar sua aplicação de acordo com a configuração escolhida no Passo 1.

Run a Function – Próximos Passos

Próximos passos para continuar suas configurações na Azion:

  1. Aguarde a publicação da sua aplicação e acesse-a através do link fornecido na página do Launch.

  2. Visualize seus Edge Application Logs e procure pelo seu acesso buscando a fonte de dados das Edge Applications. O Real-Time Events está localizado no Products Menu no canto superior esquerdo na seção Observe.

  3. Conecte o seu DNS com sua Edge Application ou continue explorando e crie suas próprias Edge Functions com o guia e com os exemplos de Edge Functions JavaScript.

Considere migrar sua zona de DNS para o nosso Intelligent DNS.

Preparamos jornadas especiais para você acompanhar caso você esteja começando a explorar ou, também, caso seus sistemas já estejam sendo executados na Azion.


Fetch Content from Origin – Próximos Passos

Próximos passos para continuar suas configurações na Azion:

  1. Aguarde a publicação da sua aplicação e acesse-a através do link fornecido na página do Launch.
  2. Visualize seus logs em Edge Application Logs e procure pelo seu acesso buscando a fonte de dados das Edge Applications. Real-Time Events que está localizado em Products Menu no canto superior esquerdo na seção Observe.
  3. Siga o guia de ponto de partida para continuar explorando as configurações da sua Edge Application.
  4. Configure as regras de negócios necessárias utilizando os módulos disponíveis:

Application Acceleration: acelera a performance de aplicações e APIs ao otimizar protocolos e construir regras de requisição e resposta avançadas.

Edge Caching: módulo padrão para todas as suas Edge Applications na Azion. Reduz a latência e tem uma alta taxa de transferência por usar a rede global e distibuída de Edge Network da Azion.

Edge Functions: módulo que permite que você programe suas próprias Edge Functions para serem executadas no Edge da Azion.

Image Processor: automatiza o processamento de imagens durante o fluxo de trabalho, permitindo que você redimensione, corte e use filtros em grandes quantidades de imagens.

Load Balancer: módulo que permite que você balanceie o tráfego para seus servidores de origem.

  1. Considere migrar sua zona de DNS para o nosso Intelligent DNS.

Advanced Edge Application – Próximos Passos

Próximos passos para continuar sua configuração na Azion:

  1. Siga o guia de ponto de partida para continuar explorando as configurações da sua Edge Application.
  2. Configure as regras de negócios necessárias utilizando os módulos disponíveis:

Application Acceleration: acelera a performance de aplicações e APIs ao otimizar protocolos e construir regras de requisição e resposta avançadas.

Edge Caching: módulo padrão para todas as suas Edge Applications na Azion. Reduz a latência e tem uma alta taxa de transferência por usar a rede global e distibuída de Edge Network da Azion.

Edge Functions: módulo que permite que você programe suas próprias Edge Functions para serem executadas no Edge da Azion.

Image Processor: automatiza o processamento de imagens durante o fluxo de trabalho, permitindo que você redimensione, corte e use filtros em grandes quantidades de imagens.

Load Balancer: módulo que permite que você balanceie o tráfego para seus servidores de origem.

  1. Considere migrar sua zona de DNS para o nosso Intelligent DNS.

Agora que você já iniciou sua jornada para explorar o Edge, você pode continuar explorando a página de documentação e descobrir mais sobre nossso produtos, nossas APIs e alguns casos de uso selecionados para você.

Quando você criar sua primeira edge application na Azion, você receberá um email com sugestões de Next Steps; os passos seguintes recomendados na sua jornada. Dessa forma, você poderá conhecer algumas das opções para configurar as aplicações e como você pode se beneficiar da plataforma de edge da Azion.


Passo 3. Configure uma Edge Application

Após criar uma aplicação do zero, você pode customizá-la ou editá-la a qualquer momento.

Para conferir suas configurações atuais e editá-las, entre no Real-Time Manager. Partindo da página inicial, siga os passos a seguir:

  1. Selecione o Products Menu no canto superior esquerdo.
  2. Na seção Build, selecione Edge Application.
  3. Na lista de Edge Applications, escolha a que você quer ver ou editar.

Nota: se você ainda não tem uma Edge Application, volte para a página inicial do RTM e siga os passos da criação de uma Edge Application ou clique no botão Add application na página de Edge Application.

Após selecionar a Edge Application na qual você trabalhará, você verá uma página com as seguintes abas:

  • Main Settings
  • Origins
  • Device Groups
  • Error Response
  • Cache Settings
  • Functions (Edge Functions Instances)
  • Rules Engine

Veja como configurar as abas Main Settings, Origins e Cache Settings:

Main Settings

Nesta seção, você definirá os principais campos relacionados à entrega das suas aplicações: HTTP ou HTTP & HTTPS. Além disso, os campos de versão mínima do TLS e portas também devem ser configurados.

Campo Descrição
Delivery Protocol Defina seu protocolo de entrega e porta HTTP (que tem padrões diferentes para servidores da web diferentes). Escolha o protocolo compatível com a sua aplicação web.

HTTP: se a sua aplicação suporta apenas o protocolo HTTP.

HTTP & HTTPS: se a sua aplicação suporta tanto os protocolos HTTP quanto HTTPS. Para usar HTTPS você irá precisar de um certificado digital.

Se você escolher HTTP/HTTPS como protocolo de entrega, você poderá inserir a porta HTTPS e o TLS.
Minimum TLS version A Transport Layer Security (TLS) garante comunicações criptografadas entre um cliente e um servidor da web por meio de padrões HTTPS. Os padrões do PCI recomendam o uso de TLS 1.2 ou superior. Lembre-se: se você usar novas versões, alguns dispositivos de clientes mais antigos ou navegadores não conseguirão se conectar.

Origins

Origins é onde você define seus dados de origem, uma informação essencial para a sua Edge Application. Veja o que é necessário preencher em cada campo a seguir:

Campo Descrição
Origin Type Os campos a seguir referem-se ao tipo de Single Origin. Como você está criando uma nova aplicação, a Single Origin é a única opção.
Após criar e salvar a nova aplicação, você pode ativar o Load Balancer.
Address Este campo define o endereço no qual você executa sua aplicação ou origem. Defina o endereço de origem da sua aplicação no formato FQDN (Fully Qualified Domain Name). Por exemplo, origin.azion.com ou um endereço IP.

Por padrão, a Azion se conectará à sua origem através da porta 80, para HTTP, ou 443, para HTTPS. Suponha que você queira configurar uma porta diferente para se conectar à sua origem. Nesse caso, você pode usar a notação host:port neste campo, por exemplo, origin.azion.com:8080. Veja o campo abaixo para entender as opções de conexão com sua origem.

Nota: você não pode configurar como origem o mesmo domínio de entrega usado para sua entrega de conteúdo. A origem deve ter seu próprio endereço.
Origin Protocol Policy A Origin Protocol Policy define como a Azion se conectará à origem. Se você optar por preservar o protocolo, a Azion usará o mesmo ao se conectar à origem. Na arquitetura de proxy reverso adotada pela Azion, os usuários se conectam aos Edge Nodes via HTTP ou HTTPS e você escolhe como deseja que a Azion se conecte à sua origem:
Preservar HTTP/HTTPS protocol: manterá o mesmo protocolo de conexão (HTTP ou HTTPS) e portas usadas pelo seu usuário ao acessar seu conteúdo na Azion para se conectar à sua origem.

Aplicar HTTP: a conexão entre os Edge Nodes da Azion e sua origem será através de HTTP, independentemente do protocolo de conexão (HTTP ou HTTPS) e das portas usadas pelo seu usuário para acessar o conteúdo da Azion. Com esta nova opção, você pode customizar uma porta diferente da porta padrão (80 para HTTP) para sua origem no campo Address, se desejar.

Aplicar HTTPS: a conexão entre os Edge Nodes da Azion e sua origem será através de HTTPS, independentemente do protocolo de conexão (HTTP ou HTTPS) e das portas usadas pelo seu usuário para acessar o conteúdo da Azion. Com esta nova opção, você pode customizar uma porta diferente da porta padrão (443 para HTTPS) para sua origem no campo Address, se desejar.
Host Header Essa informação é usada para definir qual aplicação deve ser acessada, permitindo que o servidor da origem diferencie os recursos enquanto atende a solicitações de vários nomes de host em um único endereço IP.
Sua origem usa o host header para identificar o virtualhost e localizar seu conteúdo ou aplicação. Ao configurar uma origem no Real-Time Manager, você pode personalizar o valor que a Azion deve enviar no host header.

Use o valor $ {host} no campo Host Header se sua origem estiver configurada para responder ao virtualhost para o mesmo domínio que seus usuários usam para acessar o conteúdo na Azion. Dessa forma, você estará instruindo os Edge Nodes a encaminhar o mesmo host header que foi recebido dos seus visitantes para suas origens.

Se necessário, você pode preencher um valor customizado do Host Header para que seja enviado à sua origem.
Por exemplo, origin.domain.com. Você deve customizar o Host Header se sua origem está configurada para responder um virtualhost em um domínio diferente do usado pelos seus usuários.

Cache Settings

Nesta seção, você irá definir as opções de cache para seu conteúdo. Existem dois tipos de cache:

Campo Descrição
Browser Cache Settings Browser Cache é o cache do seu conteúdo que é armazenado nos navegadores dos usuários. Você pode definir o time-to-live (TTL) para cada conteúdo. Ainda assim, você tem pouca autonomia para forçar o conteúdo a expirar antes do tempo definido como TTL, caso haja a necessidade de alterar o conteúdo com antecedência. Aqui, você pode escolher entre honrar ou substituir as configurações de cache. Ou seja, o tempo que o conteúdo deve ser mantido no cache do navegador do usuário.

Escolha entre Honor Origin Cache Headers ou Override Cache Settings.

Use a opção Honor Origin Cache Headers se você quer que a Azion envie aos seus usuários os mesmos headers de controle de cache recebidos da sua origem.

Se você escolher Override Cache Settings, você deve inserir o TTL em segundos, que é quanto tempo o conteúdo permanecerá no cache.
CDN Cache Settings Aqui, você define como o seu conteúdo será armazenado no cache dos Edge Nodes da Azion. Além de configurar o TTL para cada tipo de conteúdo, você poderá realizar a operação de Purge do conteúdo em tempo real sempre que houver necessidade de deletar os dados armazenados no cache.

Use a opção Honor Origin Cache Headers se você quer que a Azion respeite os headers de controle de cache recebidos da sua origem para gerenciar o cache nos Edge Nodes da Azion. Você também pode customizar o controle do CDN Cache selecionando a opção Override Cache Settings. Nesse caso, você deve definir um Maximum TTL, que é o tempo de vida máximo (em segundos) que o conteúdo pode ser armazenado em cache nos Edge Nodes da Azion.

Após definir e configurar as informações anteriores, clique em Save para finalizar este passo.

As abas Device Groups, Error Response, Functions e Rules Engine também podem ser configuradas de acordo com as suas necessidades.


Passo 4. Crie e configure um domínio para sua Edge Application

Agora que você terminou de configurar sua Edge Application, você precisa configurar um Domain. Este processo é muito importante, pois é necessário ter Domínios configurados para conectar sua aplicação aos outros produtos da Azion.

No RTM, seu domínio principal (exemplo: myapp.com) e todos os seus subdomínios (exemplo: user.myapp.com) devem ser configurados como um domínio próprio.

Para acessar a página de configuração de Domains, clique em Manage your Domains na página inicial do RTM. A página de Domains também está disponível no Products Menu > Domains.

Se você acabou de criar uma Edge Application através do processo Build from scratch, a página Domains também está disponível na seção What do you want to do next? na página Launch do RTM.

A página Domains lista todas suas Edge Applications. Para configurar um Domain, siga os passos:

  1. Clique no botão Add Domain.
  2. Defina um nome para seu domínio e o insira no campo Add Configuration Name.

    Você pode usar o mesmo nome do seu domínio.

  3. Selecione o Digital Certificate que irá utilizar. Você pode usar o padrão, Azion (SAN), ou qualquer outro certificado gerado por uma certificadora terceira.
  4. Escreva todos os Canonical Names (CNAMES) que seu domínio tem, um por linha, sem pontuação.
  5. Ative o switch CNAME Access Only caso queira que seus usuários acessem sua aplicação apenas pelo CNAME.
  6. Em Edge Application, selecione a aplicação com a qual que quer configurar o domínio.
  7. Certifique-se de que o botão Active está ligado.
  8. Clique no botão Save.

Informações detalhadas sobre os campos obrigatórios para adicionar um certificado em Domains

Campo Descrição
Digital Certificate A configuração usual é usar o certificado da Azion (SAN). Se quiser adicionar outro certificado, acesse o Products Menu no RTM e procure a seção Digital Certificates.

Se você selecionou HTTP e HTTPS durante a criação de sua Edge Application, você deve selecionar o certificado SSL que será usado para criptografar seu tráfego HTTPS.
CNAMEs Configure a lista de domínios de entrega (CNAMEs) da sua aplicação. Se necessário, você pode usar um Wildcard Domain (domínio curinga), como *.seudominio.com.

Liste os domínios que você deseja usar como URL, um por linha.

Assim, você substitui o endereço fornecido pela Azion (exemplo: <edge_application_id>.map.azionedge.net) com os domínios listados.

Nesse caso, você precisa registrar os CNAMEs em seu provedor de DNS para redirecionar quaisquer rotas do seu CNAME para as indicadas pela Azion.

Na página de configuração do seu DNS, dentro do painel de usuário do seu provedor de DNS, www.seudomínio.com por <edge_application_id>.map.azionedge.net.
CNAME Access Only Por padrão, todas as configurações de domínio recebem automaticamente um nome de domínio map.azionedge.net.

Ao marcar esta opção, você estará configurando sua Edge Application para entregar seu conteúdo somente por meio do domínios listados no campo CNAME.
Edge Application Selecione a Edge Application que você deseja associar a este domínio.

Saiba mais sobre Digital Certificates.


Passo 5. Vincule o tráfego da sua aplicação à plataforma da Azion

Agora que você associou seu Domain Name System (DNS) próprio a sua Edge Application no RTM, é necessário configurá-lo no painel de usuário do seu provedor de DNS. Seu provedor de DNS precisa saber para onde encaminhar e o que retornar para usuários que acessam seu domínio.

Este processo não irá simplesmente redirecionar usuários que acessam seudominio.com para <edge_application_id>.map.azionedge.net, mas vincular sua aplicação ao seu DNS — e todos os CNAMES associados a ela.

Você também pode utilizar o Intelligent DNS para criar, hostear e tornar seus domínios mais seguros. Conheça mais sobre Domínios e como o Intelligent DNS funciona.

Se seu domínio é fornecido por provedores de DNS, como, por exemplo, GoDaddy, OpenDNS, Namecheap e outros, essa configuração deve ser feita no painel de usuário do seu provedor de DNS.

Para apontar sua aplicação ao seu novo DNS, abra o painel de usuário do seu provedor de DNS e procure por seções como “Configuração de DNS” ou “Gerencie seus DNS”.

Essa configuração pode variar dependendo do seu provedor de DNS.

Dentro da página de configuração do seu DNS, adicione o link de sua Edge Application (.map.azionedge.net) no campo **DNS Host Record**.

Salve e, após alguns minutos, verifique se o domínio está funcionando.

Você também pode confirmar se seu tráfego está apontando para sua aplicação através do Real-Time Metrics.

Agora, sua Edge Application deve estar acessível através do seu DNS como URL.


Não encontrou o que procurava? Abra um ticket.