Implemente uma arquitetura serverless com a Azion

A computação serverless permite que você construa e execute aplicações sem se preocupar com a infraestrutura subjacente. Com a Platforma de Edge da Azion, você pode focar mais em criar produtos de qualidade e menos em gerenciar servidores.

Os benefícios do serverless são numerosos: oferece escalabilidade, eficiência de custo e velocidade. Ao aproveitar as Edge Functions da Azion, você pode implementar sua lógica de negócios mais perto do usuário final, resultando em aplicações ultra-rápidas e responsivas. Mergulhe neste guia para explorar a arquitetura e implementação de aplicações serverless na Azion.


Visão geral de uma requisição/resposta através da edge application

  1. O usuário acessa o Domínio relacionado à Edge Application que está sendo acessada. Esta requisição vai para o Azion Traffic Router, que escolhe o Edge Node ideal para receber a requisição e a direciona para este node.

  2. A requisição passa pelo Edge Firewall e é analisada. Se não for uma requisição maliciosa, segue em frente e alcança a Edge Application.

  3. A requisição chega à Edge Application e, baseada em sua configuração do Rules Engine, acessa o conteúdo solicitado. Se configurado, Image Processor, Edge Cache, Application Acceleration e Edge Functions serão executadas.

  4. O conteúdo, se estático, será armazenado no Edge Storage. Assim, o conteúdo será requisitado e retornado como resposta.

  5. Operações que requerem transações de banco de dados podem ser realizadas com Edge SQL.

Após todo esse processo, o conteúdo é entregue ao cliente.


  • Edge Application: permite que você configure uma edge application para definir políticas de entrega e cache, criar regras para automatizar a atribuição de políticas de cache com base no tipo de conteúdo e determinar como o conteúdo é armazenado em cache.
  • Edge Cache: módulo global para armazenar conteúdo no edge.
  • Edge Functions: permite que você crie aplicações serverless orientadas a eventos, no edge, mais próximas dos usuários.
  • Rules Engine: uma ferramenta para configurar os cenários em que uma política de cache específica é aplicada.
  • Tiered Cache: módulo que cria uma camada de cache adicional entre o edge e seus servidores de origem, reduzindo a latência e os custos de infraestrutura.
  • Load Balancer: módulo projetado para balancear o tráfego entre suas origens, data centers ou provedores de nuvem, mitigando a congestão da rede e a sobrecarga do servidor.
  • Edge Storage: um serviço de armazenamento escalável e seguro projetado para integrar armazenamento de objetos com a Plataforma de Edge da Azion, usando o padrão S3 para operações de objetos.
  • Origins: permite que você personalize o endereço de origem do conteúdo da sua edge application, o cabeçalho Host da sua aplicação, o caminho e as credenciais de autenticação HMAC para serviços protegidos.
  • Domains: registre um domínio personalizado com a Azion para entregar sua edge application.

  1. Crie uma edge application:
    • No Console, crie uma aplicação usando o botão + Create na homepage.
    • Use a Azion API para criar uma edge application.
    • Use [Azion CLI] para criar e implantar uma edge application.
  2. Crie um domínio e associe-o à edge application:
    • No Console, crie um domínio usando o botão + Create na homepage.
    • Use a API Azion para criar um domínio.
      • Se você criou uma aplicação através de um template, o domínio é criado para você.

A edge application é acessível através do domínio fornecido pela Azion, que se parece com: ftd1cvntfl.map.azionedge.net

  1. Teste e monitore: após configurar sua entrega de conteúdo, teste completamente a entrega de conteúdo para garantir que está funcionando como esperado e monitore os acessos recebidos.
  2. Faça ajustes nas políticas de cache, regras ou outras configurações conforme necessário com base nas métricas de desempenho e feedback do usuário.