1 of 20
2 of 20
3 of 20
4 of 20
5 of 20
6 of 20
7 of 20
8 of 20
9 of 20
10 of 20
11 of 20
12 of 20
13 of 20
14 of 20
15 of 20
16 of 20
17 of 20
18 of 20
19 of 20
20 of 20

site

doc

blog

success stories

Blog

Qual é a diferença entre uma CDN legada e uma plataforma de edge?

CDNs legadas não foram construídas para atender de forma consistente aplicações modernas, pois os recursos sofisticados e as exigências dos usuários demandam um serviço de ponta que só plataformas de edge são capazes de oferecer. Por isso, em se tratando de desempenho, a última milha é onde as CDNs legadas deixam a desejar, pois não conseguem suprir a bagagem extra de conteúdo dinâmico, vídeos e JavaScript, ou acomodar um número esmagador de acessos através de diferentes tipos de dispositivos.

O que são CDNs e como funcionam

Uma CDN (Content Delivery Network) nada mais é do que uma rede de servidores distribuída geograficamente que ajuda a entregar conteúdo aos usuários finais com uma latência reduzida. Esses conteúdos são entregues em pontos geográficos denominados pontos de presença (PoPs). Mas como as CDNs aceleram essa entrega? Porque armazenam os dados em cache e os entregam mais próximo dos usuários, o que diminui a latência, acelera o carregamento, reduz o consumo de banda e o uso de recursos e aumenta a disponibilidade.

Resumidamente, os usuários recebem um mesmo conteúdo de uma maneira mais satisfatória, rápida e segura. Ou seja, a CDN é o meio do caminho entre a origem e o usuário final, pois os conteúdos são entregues através dos PoPs distribuídos globalmente.

CDN

Uma CDN é capaz de colocar seu conteúdo em vários pontos diferentes localizados ao redor do globo de uma vez só – e outra consequência positiva é o aumento da escalabilidade da rede Com isso, tem a função de melhorar o consumo de banda, aumentando a escalabilidade e diminuindo a latência. Para tanto, é necessário que haja uma arquitetura robusta que suporte uma grande quantidade de tráfego sem que a experiência do usuário seja prejudicada.

Como qualquer tecnologia, as CDNs também precisaram evoluir para acompanhar o tráfego de internet mais intenso, a entrega de uma variedade mais extensa de conteúdos – streaming de vídeo e gaming, por exemplo – , a demanda por latência ultrabaixa, diferentes tipos de dispositivos conectados e o aumento da qualidade da experiência dos usuários cada vez mais exigentes.

Todas essas demandas fazem com que as CDNs legadas precisem de um diferencial estratégico e isso é alcançado ao adicionar os benefícios do uso de edge computing a elas. A principal diferença é que uma CDN foca mais no fornecimento de dados, enquanto plataformas de edge computing podem oferecer uma gama de serviços adicionais diretamente no edge.

Vantagens de uma CDN

Os benefícios de usar uma CDN podem variar de acordo com a sua necessidade; porém, há algumas vantagens que grande parte dos usuários considera fundamental:

  • Latência e tempo de carregamento reduzidos: com conteúdos mais próximos dos usuários finais há uma diminuição considerável na latência e, consequentemente, uma grande melhora na experiência do usuário.
  • Economia em largura de banda: custos reduzidos, devido à diminuição de dados que a origem precisa fornecer. Os custos de hospedagem podem ser ajustados de acordo com a demanda, o que favorece o custo-benefício.
  • Grande disponibilidade de conteúdo: redes distribuídas são capazes de lidar com um tráfego mais intenso e resistir melhor a falhas, disponibilizando conteúdos em pontos distintos.
  • Segurança mais eficaz: Como a CDN gerencia todo o tráfego do seu conteúdo, é capaz de identificar os ataques antes que eles cheguem até a origem, habilitando a mitigação de ataques DDoS, aprimoramento de certificados de segurança, entre outras vantagens.

com e sem CDN

Podemos dizer que as CDNs foram criadas com o objetivo principal de encurtar distâncias físicas, melhorando assim a latência e o desempenho por colocar o conteúdo em múltiplas localizações para atender melhor os usuários de um determinado local. Até aqui tudo certo. Porém, o moderno de hoje já pode ser considerado ultrapassado amanhã. Como todas as coisas, as CDNs também precisam evoluir.

E como essa evolução se desenrola? As CDNs passaram por algumas gerações: static CDNs, dynamic CDNs e multi-purpose CDNs. A primeira geração tinha como objetivo a melhora do desempenho, a segunda agregou disponibilidade, e a terceira, segurança. Mas será que esses três itens isolados podem atender às exigências das aplicações modernas e ultrarrápidas de hoje associadas a usuários cada vez mais exigentes?

Uma plataforma de edge agrega as 3 características citadas numa só infraestrutura. Além disso, o contínuo processo de evolução das CDNs introduziu edge computing para aproximar o poder computacional dos usuários, permitindo mais casos de uso e novas soluções para a economia em constante evolução e mutação.

Essa inovação é a diferença crucial entre uma CDN legada e uma plataforma de edge. O que isso significa? Uma plataforma de edge, precisa ser capaz de atender as demandas do mundo hiperconectado, habilitar o uso de tecnologias de ponta, atender as expectativas de usuários exigentes e ainda ofertar serviços que adicionam cada vez mais valor aos seus clientes. Portanto, as plataformas de edge contam com:

  • funções capazes de melhorar regras de caching e de segurança;
  • recursos de observabilidade que estudam os dados e o comportamento dos usuários de maneira precisa e consistente;
  • poder de decisão diretamente no edge;
  • utilização de recursos computacionais e de processamento no edge, melhorando a entrega da aplicação e a entrega de conteúdo.

Uma plataforma de edge vai muito além da distribuição de conteúdo, pois deve trazer na bagagem um potencial de alta tecnologia que esteja de acordo com a velocidade, resiliência, exigência e conectividade dos tempos modernos. E edge computing, nos tempos de hoje, caminha junto com o que há de mais moderno em termos de tecnologia, como por exemplo: 5G, AR/VR e IoT.

Benefícios de uma plataforma de edge

Uma plataforma de edge computing é capaz de trazer escalabilidade, observabilidade e maior segurança para o seu negócio, pois as lógicas podem ser programadas e executadas diretamente no edge e em tempo real. Adicionar edge computing aos CDN nodes permite que as aplicações funcionem em seu nível máximo de performance com abrangência global. Assim como as CDNs tradicionais, uma plataforma de edge armazena o conteúdo mais perto dos usuários finais para reduzir a largura de banda e otimizar a velocidade de entrega, porém adicionando mais capacidade computacional e permitindo maior controle e novos casos de uso.

Uma plataforma de edge computing, como a da Azion, permite recursos de computação sofisticados no edge da rede, por exemplo: uma camada de segurança potente, criação de aplicações serverless, multi-camadas de caching e load balancing. Além disso, a plataforma da Azion conta com parceiros que oferecem camadas adicionais de serviços.

A plataforma de Edge da Azion oferece a você escolher produtos de edge computing poderosos, como:

  • Edge Application: construa aplicações serverless para otimizar sua plataforma e executar funções no edge sem se preocupar com recursos computacionais. Forneça um conteúdo de alta confiabilidade com um tempo de funcionamento de rede 100% garantido, melhorando consideravelmente a qualidade de experiência para os seus usuários.
  • Edge Caching: rede definida por software que monitora e processa requisições em tempo real e é capaz de alavancar as Edge Applications, garantindo que a sua plataforma suporte altos volumes de requisições por segundo, sem impacto em seu desempenho e com latência mínima. Esse é um módulo padrão para todas as suas edge applications.
  • L2 Caching: camada adicional de cache entre a edge da Azion e a sua origem, o que ajuda a reduzir ainda mais a carga em sua infraestrutura. É uma segunda camada de cache responsável por alimentar o edge. ​​Projetado para conteúdo de longa permanência, o L2 Caching é responsável por alimentar o edge, mantendo seu conteúdo armazenado pelo tempo que você determinar.
  • Load Balancer: com Azion Load Balancer você pode adiciona múltiplas origens para seu conteúdo, seleciona o método de balanceamento de carga que mais se adequa às suas necessidades e customiza timeouts e tratamento de erros. Essa distribuição garante a entrega de seu conteúdo caso algum dos seus servidores de origem fique fora do ar.
  • Edge Firewall: amplie o seu perímetro de segurança até o edge da rede, com regras de controle de acesso são processadas diretamente na Azion Edge Network, mais perto dos usuários, evitando que requisições indesejadas cheguem à sua origem ou que tenham acesso às suas aplicações. Esse perímetro de segurança multicamadas inclui os módulos Web Application Firewall, Network Layer Protection e DDoS Protection.

Não podemos deixar de fora todo o poder da observabilidade oferecida pelo Edge Analytics da Azion, o nosso pacote completo de observabilidade, composto pelas poderosas ferramentas Data Streaming, Edge Pulse, Real-Time Events e Real-Time Metrics.

Além de tudo isso, a plataforma da Azion oferece latência ultrabaixa; edge locations globalmente distribuídos, gerando uma grande redução de custos de infraestrutura e conectividade; maior capacidade de rede, o que evita gargalos – os famosos bottlenecks – e permite maior escalabilidade para a entrega de conteúdo globalmente, mesmo em períodos de pico.

Agregue também todo potencial de criação de regras personalizadas, tanto para Edge Application quanto para o Edge Firewall, através do Rules Engine, que foi elaborado para permitir que você codifique lógicas de execução condicionais. Ou seja, você pode criar comportamentos baseados em condições que melhor se adequem à sua estratégia de negócio.

Conclusão

Uma aplicação moderna precisa de uma distribuição de conteúdo moderna. Sem uma escalabilidade global, segurança distribuída, alta resiliência e uma latência mínima, sua empresa pode estar fadada a ficar para trás. Mas com uma plataforma de edge que agrega os benefícios da CDN com edge computing, como a da Azion, o seu negócio pode chegar à excelência.

A Azion simplifica como as empresas criam, protegem, entregam e observam suas aplicações, oferecendo provisionamento zero-touch, através de uma plataforma baseada em API que reduz tarefas operacionais como provisionamento através de tecnologia de última geração.

Além disso, você pode contar com edge locations com abrangência global, suporte 24/7 e APIs que simplificam a integração entre sistemas e configurações. Além, é claro, de uma tecnologia de ponta como edge computing para trazer todos os benefícios mais próximos dos usuários.

Descubra como a Azion pode ajudar você a responder às demandas da economia hiperconectada em qualquer lugar do mundo e enriquecer a experiência de seus usuários de forma segura e eficiente. Crie a sua conta grátis e explore ainda hoje a plataforma de Edge Computing da Azion – aberta, programável e extensível. Crie, proteja, entregue e observe suas aplicações com a Azion, contate um de nossos especialistas aqui.