1 of 20
2 of 20
3 of 20
4 of 20
5 of 20
6 of 20
7 of 20
8 of 20
9 of 20
10 of 20
11 of 20
12 of 20
13 of 20
14 of 20
15 of 20
16 of 20
17 of 20
18 of 20
19 of 20
20 of 20

site

doc

blog

success stories

Blog

Um Rápido Tour pelo Edge Functions da Azion

Um Rápido Tour pelo Edge Functions da Azion

Como parte de nosso lançamento oficial do suporte a JavaScript para Edge Functions, fizemos um resumo dos blog posts anteriores e traçamos um roteiro sobre Edge Computing e Edge Functions para você. Nele, apresentamos uma visão conceitual de como a nossa plataforma de Edge Computing está configurada e como o Edge Functions funciona, quais são seus atributos e recursos, além de apresentarmos os seus principais benefícios e descrevermos as tecnologias subjacentes que ajudam a torná-lo uma excelente opção.

Surgimento da Aplicação Moderna

A facilidade de uso, a relação custo-benefício, o baixo consumo de recursos e a agilidade da computação serverless rapidamente tornaram esse um dos métodos mais eficazes e procurados para a construção de aplicações modernas.

Como definimos uma aplicação moderna?

Diferentemente da entrega de sites de tamanho único ou de aplicações web que fornecem conteúdo estático ou padrão, o mais novo modelo de aplicações web modernas é dinâmico, robusto e customizado de acordo com as necessidades do cliente. Graças sobretudo à nossa Plataforma de Edge Computing e Edge Caching Network, as aplicações web são ágeis, rápidas e estão sempre disponíveis para atender às crescentes demandas de um público global e de máquinas com fome de dados.

Pensando nisso, a Azion projetou o Edge Functions para maximizar os benefícios da arquitetura serverless e, ao mesmo tempo, vencer alguns de seus principais desafios.

Azion Apresenta Edge Functions

Ficou curioso sobre o que são Edge Functions e o que ele oferece? Leia sobre seus principais recursos e benefícios aqui.

“Edge Functions permite que você construa aplicações edge-native ou adicione funcionalidades às aplicações de origem com funções orientadas a eventos. Quando acionada, a função é executada em milissegundos no edge node mais próximo do usuário final. Edge Functions é executado em nossa rede edge global e escala automaticamente, sem a necessidade de gerenciar ou provisionar recursos. Em vez disso, você paga apenas quando o código é executado, eliminando custos antecipados e evitando o desperdício de recursos causados pelo superprovisionamento de servidores.”

Execute JavaScript no Edge Functions

Você deseja ter uma perspectiva mais técnica sobre o Edge Functions? Saiba mais neste blog post do Rodrigo Costa, nosso Gerente de Produtos.

“Optamos por não utilizar VMs e Containers devido ao seu alto custo de execução e baixa performance, e adotamos o V8 – engine JavaScript e WebAssembly open source do Google – como nosso engine de isolamento de requisições. Dessa maneira, nossa performance comparada a Containers é até 100x superior, a um custo até 10x inferior.”

História do JavaScript

Com o Edge Functions, os desenvolvedores podem criar funções orientadas a eventos em JavaScript, a linguagem de programação mais popular do mundo. Mas por que o JavaScript é tão onipresente? Saiba mais sobre seus recursos, sua história e casos de uso neste blog post.

“JavaScript, uma linguagem com suporte onipresente, concebida para oferecer facilidade de uso, é uma ótima opção para Edge Functions. Nossa implementação de JavaScript usa o padrão ECMA, incluindo suporte para promises com async/await e, em breve, planos de suporte a WebAssembly. Com o Edge Functions, os desenvolvedores podem criar e executar funções orientadas a eventos no edge da rede, através de JavaScript Runtime APIs.”

Por que a Azion escolheu o sistema V8 para Edge Functions

Uma das tecnologias subjacentes que tornam o Edge Functions especial é o uso do sistema V8 JavaScript. Para uma introdução sobre como o V8 funciona e como consegue compilar e executar JavaScript com velocidade, precisão, eficiência e segurança, confira este blog post.

“O V8 traduz o código JavaScript de alto nível em código de máquina de baixo nível e, em seguida, executa esse código. Parte da compilação e execução do código envolve outras tarefas, como lidar com o call stack, gerenciar o memory heap, o cache e garbage collection, fornecer tipos de dados, objetos e o event loop. A orquestração dessas atividades de runtime I/O internas garante a execução eficiente tanto para memória quanto para código.”

Edge Functions que Valem Cada Centavo: Economizando com Serverless Computing

A computação serverless elimina os altos custos das taxas iniciais e reduz as despesas de capital. Mas como o custo de Edge Functions se compara a outros produtos de computação serverless? Descubra aqui.

“Através do Edge Functions, invocations usam menos recursos e custam menos para serem executadas. Além disso, não há cobrança separada pelo uso de memória e nem a necessidade de implantar ou instanciar contêineres, resultando em custos operacionais mais baixos. E, como as Edge Functions são entregues a partir de locais distribuídos de Edge Computing, diferentemente dos data centers em hiperescala, levam menos tempo para serem executadas, resultando em workloads mais curtos e, portanto, menos dispendiosos.”

Conclusão

Edge Functions combina a baixa latência do Edge Computing com a facilidade de uso e a redução de custos do serverless. Além disso, é mais eficiente em termos de recursos e economia, e é mais rápido do que o AWS Lambda e outros produtos de computação serverless baseados em contêineres, tornando-o uma excelente escolha para aplicações de latência ultrabaixa. Você ainda pode adicionar funcionalidades de terceiros, modernizar aplicações legadas e implementar fluxos de trabalho ágeis como CI/CD. Então, você está pronto para começar a usar o Edge Functions? Visite a página do produto para informações sobre preços ou crie uma conta gratuita para se tornar um usuário Azion ainda hoje.