Caching

Streaming na América Latina: criando vantagens competitivas com a Plataforma de Edge da Azion

Sep 15, 20218 min read

Written by Luize Boyen (Technical Writer)

Become an expert in edge computing

Atualmente, desenvolver uma plataforma de streaming ou mesmo um aplicativo que tenha disponibilidade globalmente é um fator-chave para o sucesso, principalmente em se tratando de entrega de conteúdo com escalabilidade e latência ultrabaixa, minimizando custos e desperdício de recursos. Para garantir que esses fatores sejam atendidos com excelência, nada melhor do que contar com o aprimoramento e os benefícios que a edge computing pode proporcionar. E é isso que abordaremos neste post.

Vantagens da edge computing

A transformação digital acelerou de maneira inquestionável a inovação nos negócios, gerando novos mercados, novas soluções e também novos desafios. Mas a escala e a complexidade sem precedentes dos dados criados pelos dispositivos conectados superaram os recursos de rede e infraestrutura.

Enviar todos os dados gerados para um data center centralizado ou para a cloud causa problemas de largura de banda e latência. Além disso, o poder computacional dos dispositivos da Internet das Coisas (IoT) tem aumentado de maneira explosiva e, consequentemente, o volume de seus dados. Outro fator a ser considerado são as redes 5G que aumentam o número de dispositivos móveis conectados à medida que são implementadas, aumentando o volume de dados gerados consideravelmente.

Processar e analisar os dados mais perto de onde foram criados é uma alternativa mais eficiente, pois a latência é drasticamente reduzida. Com a edge computing, os dados são coletados e analisados localmente, próximos de sua origem e somente depois, e se necessário, são transmitidos para um local centralizado. Com esse processamento mais próximo, conseguimos uma análise de dados mais rápida e abrangente, além de melhores tempos de resposta. Assim sendo, os clientes se beneficiam de serviços melhores, mais rápidos, mais ágeis e experiências aprimoradas enquanto as empresas aproveitam a flexibilidade da arquitetura híbrida, distribuindo um pool de recursos por um grande número de locais.

Quando falamos em serviços de entrega de conteúdo, como streaming de vídeo por exemplo, é primordial que esta plataforma ofereça a melhor experiência para o seu usuário. Isso traz diversos desafios às OTTs, como:

  • entregar o conteúdo com mínima latência para evitar lentidão no carregamento do vídeo, re-bufferings e congelamentos durante a execução do vídeo;
  • garantir uma experiência contínua de uso, sem interrupções ou falhas na plataforma;
  • evitar gargalos de rede durante períodos de pico de tráfego, seja por uma estréia de uma série/filme ou mesmo pelo crescimento da base de clientes;
  • expandir globalmente, mantendo um controle de custos adequado para não impactar o preço final do usuário.

Além disso, o processamento de dados no edge da rede diminui o tempo de retorno entre a requisição e a resposta, diminuindo as distâncias e melhorando significativamente a experiência do usuário. Entre as principais vantagens da edge computing podemos destacar:

  • latência e tempo de carregamento reduzidos;
  • economia de largura de banda;
  • grande disponibilidade de conteúdo;
  • segurança mais eficaz;
  • todo o potencial de uma aplicação serverless;
  • maior capacidade de rede;
  • tudo no edge, mais perto dos usuários finais.

Resumidamente, podemos dizer que uma CDN padrão armazena o conteúdo mais perto dos usuários finais para reduzir a largura de banda e otimizar a velocidade de entrega. Além disso, uma plataforma de edge computing permite recursos de computação sofisticados no edge da rede e possibilita que os serviços escalem automaticamente para acomodar os picos de uso. Isso tudo reduz custos, elimina o desperdício de recursos e garante a disponibilidade do serviço.

Oportunidade LatAm para serviços de OTT

Contextualizando, a sigla OTT refere-se ao termo over-the-top e se trata de uma maneira de fornecer conteúdos de vídeos pela internet de acordo com as exigências de cada consumidor, incluindo filmes, séries, televisão, por exemplo.

Atualmente, a demanda por serviços das OTTs e o número de inscrições vem aumentando expressivamente, principalmente durante os períodos de confinamento durante a pandemia. Devido a esse fato, o aumento da procura por esse tipo de serviço está em alta globalmente e, em se tratando de América Latina, esse aumento não poderia ser diferente, o que gera grandes oportunidades para a expansão desse tipo de negócio.

Considerando a América Latina, o gráfico a seguir mostra que enquanto as assinaturas de TV paga vêm apresentando um leve declínio, a procura por serviços de streaming de vídeo vem aumentando de maneira considerável. Isso destaca grandes oportunidades de crescimento para o segmento que precisa investir em boa capilaridade, agregar diferentes serviços e garantir uma boa performance, atendendo melhor a demanda de seus usuários na região.


A plataforma de Edge da Azion, é capaz de atender as demandas desse crescimento exponencial trazendo o conteúdo para mais perto dos usuários, além de garantir disponibilidade devido ao vasto número de edge locations espalhadas pelo mundo, segurança, menor latência e todo o potencial trazido pela observabilidade.

Streaming via internet

Em razão desse crescimento exponencial da procura por serviços de streaming de vídeo, o aumento do uso diário da internet entra de carona como consequência.

De acordo com o gráfico abaixo, os países da América Latina como Brasil, Colômbia, Argentina e México estão entre os dez primeiros na lista de países onde usuários – entre 16 e 64 anos – passam mais horas conectados à rede.


Já o gráfico a seguir mostra o quanto a mesma faixa etária assiste conteúdos de streaming via internet. Podemos observar que os países da LatAm lideram esse ranking de forma massiva. México e Argentina lideram o ranking com mais de 90%, seguido de Brasil e Colômbia com mais de 85%.

O que isso tudo quer dizer? Tendo em vista esses dados, podemos observar uma oportunidade expressiva se tratando de serviços de entrega de conteúdo na América Latina. O uso e o aumento da procura por esse tipo de serviço abre um espaço para o crescimento e investimento das OTTs, mas também aumenta a concorrência e as exigências do usuário final.

Portanto, os desafios para entregar um conteúdo de qualidade que possa satisfazer a vasta gama de adeptos do serviço é fator chave para o sucesso. E, para isso, é preciso que provedores de conteúdo estejam preparados para atender a demanda com um serviço de qualidade inigualável e sem falhas.

As vantagens da Azion para as OTTs

As OTTs que querem expandir sua presença global precisam contar com serviços adicionais para garantir seus passos para o sucesso. Uma Plataforma de Edge Computing como a da Azion oferece fatores essenciais que devem ser levados em conta, como por exemplo:

  • localização do usuário;
  • desempenho em cada região;
  • disponibilidade e resiliência;
  • serviços integrados;
  • faturamento em moeda local;
  • atendimento e suporte local especializado;
  • suporte para SSL/TLS (Certificados de autenticação e segurança);
  • observabilidade;
  • serviços de segurança;
  • portal/plataforma de gestão e controle;
  • uso de padrões abertos;
  • serviços de edge computing.

A Edge Network altamente distribuída da Azion oferece edge locations distribuídas globalmente, o que gera uma grande redução de custos de infraestrutura e conectividade. Você também pode contar uma maior capacidade de rede evitando os gargalos de rede – bottlenecks –, o que permite maior escalabilidade para a entrega de conteúdo globalmente, mesmo em períodos de pico devido à latência ultrabaixa.

Com a Azion, você pode construir aplicações serverless para otimizar sua plataforma e executar funções no edge sem se preocupar com recursos computacionais com o Edge Application. Assim, você fornece um conteúdo de alta confiabilidade com um tempo de funcionamento da rede 100% garantido pelo SLA, o que proporciona a melhor qualidade de experiência para os seus usuários.

Além disso, o Edge Caching acelera a entrega de conteúdo por meio de eficientes recursos de caching no edge da rede, mais próxima dos usuários e ainda sendo capaz de monitorar e processar requisições em tempo real, o que garante que sua plataforma suporte altos volumes de requisições por segundo, sem impacto em seu desempenho. Conheça, também, todo o potencial que a observabilidade pode trazer através de nossos produtos como: Real-Time Metrics, Real-Time Events, Data Streaming e Edge Pulse.

O modelo de serverless computing da Azion permite que os serviços escalem automaticamente para acomodar os picos de uso, o que resulta em um serviço pré-pago, também chamado de pay-as-you-go, reduzindo os custos iniciais, eliminando o desperdício de recursos e garantindo a disponibilidade do serviço.

Conclusão

Cada milissegundo pode significar fortunas ganhas ou perdidas. Os usuários estão cada vez mais exigentes e intolerantes a qualquer tipo de falha. Sem uma escalabilidade global, segurança distribuída, alta resiliência e latência ultrabaixa, sua empresa pode estar fadada a ficar para trás.

Portanto, alguns fatores devem ser destacados para uma escolha bem sucedida, como: a localização de PoPs geograficamente mais rica e abrangente; serviços com opções de suporte local disponível 24 horas por dia, durante 7 dias por semana; investimento em moeda local para evitar gastos desnecessários com taxas extras de conversão; padrões abertos; além de APIs que possam integrar sistemas e configurações de uma maneira mais facilitada.

Além de garantir uma distribuição e entrega de conteúdo em escala global, a Plataforma de Edge da Azion oferece gerenciamento e controle em tempo real, tudo diretamente no edge da rede, ao alcance da ponta de seus dedos. Saiba mais, fale com um de nossos especialistas aqui.

Was this article helpful?